tdis

Inteligência Cibernética

Testar as vulnerabilidades e coletar evidências é a melhor forma para demonstrar o real potencial de um risco cibernético em sua organização.

Solução

Falta de conhecimento expõe organizações a riscos

Os ataques cibernéticos têm ocupado as manchetes nos últimos anos. Com a possibilidade de estarmos conectados a todo o momento, surge a necessidade de investimentos em tecnologia e processos que garantam a segurança dos dados.

Um pesquisa recente de uma empresa americana de cibersegurança, ARMIS, encontrou uma enorme lacuna na conscientização sobre ataques cibernéticos. Quase 25% dos entrevistados não tinham conhecimento sobre o ataque de ransomware que afetou a Colonial Pipelines, maior operadora de oleodutos dos Estados Unidos. Cerca de 23% diziam acreditar que a situação não teria grandes impactos sobre a indústria de combustíveis — o ataque fez com que, em maio de 2021, o presidente Joe Biden assinasse uma ordem executiva para reformular a segurança digital do país.

A pesquisa também revelou uma tendência muito perigosa: mais de 50% dos profissionais acreditavam que dispositivos pessoais não traziam ameaças a suas empresas, e 70% esperavam trazer equipamentos de suas casas para o escritório assim que o trabalho presencial fosse retomado.

A falta de conhecimento expõe empresas a riscos obrigando as organizações a priorizar a segurança cibernética por conta própria já que os funcionários têm pouca consciência do cenário de ameaças cibernéticas.

O tema é tão importante que nos Estados Unidos um grupo bipartidário de membros da Câmara dos Representantes introduziu a Lei Americana de Alfabetização em Segurança Cibernética, em um esforço para melhorar a compreensão do país sobre segurança cibernética e iniciar campanhas de conscientização pública.

A TDIS IT em parceria com a DropReal oferta uma solução completa em Segurança Cibernética usando Red and Blue Team. Nós aplicamos o conceito de Cyber Exposure para mitigar os riscos cibernéticos nas organizações.

Identificar, conscientizar-se e mitigar ou aceitar um risco é primordial para que se tenha sucesso nos negócios. O Gerenciamento de Vulnerabilidades, Patches e Hardening possui um processo diferenciado de análise, mitigação e classificação de falhas de segurança cibernética.

Através de uma metodologia inovadora de priorização das remediações, conforme os riscos, direcionamos os esforços para o que realmente importa. O Serviço de Gerenciamento de Vulnerabilidades, trata falhas de segurança em ambientes de TI e em aplicações web que possam impactar negativamente o negócio das organizações. Mantemos seus equipamentos de rede (firmwares), softwares e sistemas operacionais atualizados.

A real proteção de Endpoints (servidores, computadores, notebooks, etc.) vai muito além de uma plataforma tradicional de antivírus. É preciso que o sistema operacional, suas aplicações e os dados armazenados sejam analisados de forma criteriosa e contínua, diretamente em seu DNA. Um bit alterado e uma nova análise deve ser realizada.

Isso é contemplado na solução de Proteção Avançada Contra Ameaças Cibernéticas (ATP – Advanced Threat Protection). Trata-se de um serviço proativo de proteção e resposta a incidentes em tempo real contra malwares (vírus, ransomwares, trojans, etc), incluindo contra- ataques direcionados e de Dia Zero (Zero Day), utilizando autoaprendizagem de máquina (Machine Learning), Inteligência Artificial (AI) e monitoramento contínuo.

Encontrar vulnerabilidades no seu código é o primeiro passo para criar um aplicativo seguro e funcional. Nossos engenheiros de software possuem expertise em segurança e estão disponíveis para auxiliar as organizações na identificação de vulnerabilidades e na aplicação dos controles utilizando o conceito de DevSecOps Red Team.

Os tipos de análises realizadas são:

  • Análise Estática de Código (SAST)
  • Análise Dinâmica de Código (DAST)
  • Third-party software components
  • Segurança em APIs

Testar as vulnerabilidades e coletar evidências é a melhor forma para demonstrar o real potencial de um risco cibernético em sua organização. Teste a eficácia de sua infraestrutura de TI e em suas aplicações com o serviço de Teste de Intrusão (Pentest – Hacker Ético).

Tipos de testes:

  • Black Box (Caixa preta)
    Realizado sem nenhum conhecimento sobre o alvo
  • Grey Box (Caixa cinza)
    Realizado com conhecimento prévio do alvo
  • White Box (Caixa branca)
    Realizado com TOTAL conhecimento da infraestrutura e com credenciais administrativas

Entendemos a importância do gerenciamento de Cyber Exposure (exposição cibernética). Essa disciplina emergente ajuda a ver, prever e agir diante dos riscos em toda a superfície de ataque. As práticas recomendadas de gerenciamento de Cyber Exposure introduzem uma linguagem comum focada em riscos e baseada em métricas que todos entendem, desde operações de segurança e TI até os executivos das organizações.

Com base nessa premissa, ofertamos Serviços Profissionais que auxiliam as organizações no estudo, planejamento, implementação, operação, capacitação e suporte sobre processos e procedimentos de soluções de segurança digital.

Contato

Deixe sua mensagem